Início Vinhos Vinhos seleccionados no 2º trimestre – IV

Vinhos seleccionados no 2º trimestre – IV

Com a apresentação de hoje, a quarta, terminamos a nossa  “mostra” dos vinhos seleccionados pelos nossos leitores e também pelo Opção Turismo.

VINHOS COSTA BOAL

Tinto Palácio dos Távoras  – Grande Reserva
D.O.C. Trás-os-Montes

Produtor:
António Boal
Enólogo:
Paulo Nunes
Castas:
Vinhas Velhas
Vinificação:
Colheita manual em caixas de 20 Kg. Desengace, esmagamento, maceração pré-fermentativa durante 48 horas, seguido de fermentação alcoólica com temperatura controlada a 24ºC.
Ano:
2016
Teor Alcoólico: 14,5%
pH: 3,57
Acidez Total: 5,4 GR/DM3
Envelhecimento:
Estágio em barricas novas de carvalho francês onde permanece durante 14 meses.
Temperatura a servir:
16ºC a 18ºC
Nota de Prova:
Apresenta complexidade aromática, frutos vermelhos e pretos, barrica presente mas integrada.
Na boca é suave, mas começa a crescer graças à sua estrutura. Boa acidez e final longo.

Branco Flor do Côa – Grande Reserva
Douro 2017

Produtor:
António Boal
Enólogo:
Paulo Nunes
Castas:
Touriga Franca, Touriga Nacional e Sousão
Vinificação:
Transporte em caixas de 20 Kg, desengace com esmagamento, maceração pré-fermentativa durante 24 horas, inoculação seguida de fermentação em cubas de inox abaixo de 24ºC.
Ano:
2017
Teor Alcoólico: 14,5%
pH: 3,48
Acidez Total: 6,0 GR/DM3
Envelhecimento:
Estágio em barricas de carvalho francês onde permanece durante 14 meses.
Temperatura a servir:
16ºC a 18ºC
Nota de Prova:
Cor rubi opaca. O aroma é rico em complexidade, com notas especiadas e fruta vermelha de grande pureza.
Na boca tem um grande volume em total equilíbrio com a acidez que lhe confere um caracter elegante e complexo

VINHOS CARLOS ALONSO

Piano Tinto Reserva – Douro

Cor:
Tinto.
Castas:
50% Tinta Roriz, 40% Touriga Nacional, 10% Touriga Franca.
Enólogos:
Jorge Alves, Valter Silva e Fábio Pereira.
Vinha:
Vinha situada em pleno coração do Cima-Corgo, na freguesia de Castedo do Douro, na margem direita do Douro, com exposição solar virada a sul. As vinhas foram plantadas por talhões monocasta entre1991 e 1992;
Vinificação:
Ocorreu entre as 3ª e a 4ª semanas de Setembro, em cubas de fermentação de inox de 12 Ton com controlo de temperatura.
Todas as castas foram vinificadas em separado, a temperatura de fermentação foi em média de 28ºC.
A fermentação demorou 10 dias, a que se seguiram mais 5 dias de maceração pós-fermentativa.
Os vinhos foram armazenados em cubas de pequeno volume.
Maturação:
Após a fermentação alcoólica terminada seguiu-se um estágio em barricas novas durante 12 meses, sendo que após esse tempo o vinho é estabilizado, seguindo-se o engarrafamento e posterior estágio de12 meses em garrafa.
Álcool:
14,0%vol.
Acidez Total:
4,95 g/L (Ac. Tartárico)
Açúcares Redutores:
4,7 g/L
pH:
3,92
Notas de Prova:
Vinho de cor rubi profunda, no aroma é intenso e complexo, dominado por frutos vermelhos maduros (morango) e frutos pretos (cassis e ameixa).
Na boca revela um excelente volume, acidez bem integrada, taninos de boa qualidade, presença de frutos vermelhos bem marcados, com notas a balsâmico e resina. O final é longo e complexo.
Serviço:
Deve ser servido entre os 14ºC e os 16ºC.
Harmonização:
Piano Reserva é vinho intenso. Pede também pratos intensos para ambos poderem brilhar. Recomendados para acompanhar pratos de caça, cabrito assado entre outros.

Piano Moscatel Galego Branco – Douro

Cor:
Branco.
Castas:
100% Moscatel Galego Branco.
Enólogos:
Jorge Alves, Valter Silva e Fábio Pereira.
Vinha:
Vinha situada em pleno coração do Cima-Corgo, na freguesia de Alijó, na margem direita do Douro, com exposição solar virada oeste, solos de transição granito-xisto a uma altitude média de 600 metros.
As vinhas foram plantadas por talhões monocasta entre 1991 e 1992.
Vinificação:
Ocorreu entre as 1ª a 2ª semanas de Setembro e as uvas, logo na recepção, são protegidas contra as oxidações. Depois de desengaçadas vão para a prensa pneumática, onde são gentilmente prensadas.
O mosto fica 24 horas em decantação e quando chega à turbidez desejada, o vinho é separado das borras que, entretanto, se formaram.
Esse mosto limpo é posto a fermentar com a inoculação de leveduras selecionadas e a fermentação decorre durante cerca de 15 dias, sempre com a temperatura controlada para não ultrapassar os 14ºC;
Maturação:
Após a fermentação alcoólica, os lotes estagiam em cubas de inox para melhor preservarem a sua frescura e fruta. Após esse tempo, o vinho é estabilizado e filtrado, seguindo-se o engarrafamento e posterior estágio de 3 meses em garrafa.
Álcool:
13,5%vol.
Acidez Total:
6,00 g/L (Ác. Tartárico)
Açúcares Redutores:
1,7 g/L
pH: 3,40
Notas de Prova:
De cor citrina, este vinho é jovem de aroma exuberante com notas de toranja, lichias, lima e frutos tropicais.
Na boca é intenso, vibrante, mineral e de uma frescura vibrante, de concentração média e textura sedosa. Termina longo e persistente.
Serviço:
Deve ser consumido entre os 8ºC e os 10ºC;
Harmonização:
Piano Moscatel Galego Branco é o vinho ideal para se beber descomprometido e sem preocupações. Muito versátil é particularmente apetecível como aperitivo, a acompanhar queijos vários e sushi



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter