Início Destaques Urgente ter acordo sobre restrições para permitir retoma do turismo

Urgente ter acordo sobre restrições para permitir retoma do turismo

Como a pandemia se agravou, há Estados-membros a adoptar agora, de forma individual, medidas relativas aos movimentos transfronteiriços como aconteceu na Primavera e Verão de 2020. A presidência portuguesa do Conselho, na área do turismo, está bastante ciente deste problema e a nossa intenção é trabalhar com outros governos, explicou a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, na comissão parlamentar de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu, acrescentando que no conselho extraordinário sobre turismo marcado para 01 de Março a presidência portuguesa vai tentar promover um acordo sobre, medidas comuns para proteger os cidadãos europeus devido à disseminação da pandemia e também permitir a mobilidade das pessoas, que é crucial para manter postos de trabalho.

Portugal quer os 27 Estados-membros de acordo sobre as restrições relacionadas com a pandemia de covid-19, criando respostas adequadas para permitir a retoma do turismo a nível europeu.

A governante afirmou ainda que o conselho extraordinário de Turismo servirá para definir respostas adequadas no turismo dado o agravamento da pandemia e a adopção de novas restrições às viagens, para além

De fazer um ponto de situação dos efeitos da pandemia e para verificar como é que a UE pode dar as respostas adequadas ao sector do turismo, particularmente no que toca às restrições nas fronteiras, adotadas de forma individual.

Rita Marques considera que este conselho pode ser muito útil para os 27 chegarem a acordo em matérias como a obrigação de apresentação de testes, o seu tipo (se PCR ou rápidos) e quando devem ser feitos (se à partida ou chegada), isto numa altura em que se apertam as regras para as viagens na UE.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter