Início ao acaso Uma “guloseima” para o fim-de-semana

Uma “guloseima” para o fim-de-semana

COMPARTILHE

Sem sonhar do que poderia vir, porque a ementa não tinha grandes pormenores a não ser um título do prato (também em inglês e já não me lembro se em francês)  e umas quantas “pistas” que tanto podiam resultar em ser aquilo como qualquer outra coisa.

Mas, como tenho um certo fraco pelos pratos à base de atum, incluindo o “desenrascado” atum (de lata) com feijão frade, também conhecido como “feijão ciclista”, com cebola, salsa, ovo, sal &pimenta e umas quantas alcaparras (e esta?) venha lá isso…

Para não chatear mais, apenas direi… uma maravilha e honra seja feita ao chef Luís Carvalho.

Atum selado com sésamo, legumes salteados com girassol.

Passar o atum por sésamo cru e corar num sautê antiaderente de todos os lados com um fio de azeite.

Saltear com alho, o talharim de aboborinha, cenoura, nabo, cogumelos e rebentos de soja, temperar e no final juntar as sementes de girassol e coentros frescos assim que sai do lume.

Grelhar a beringela com azeite, sal e pimenta.

Cortar o atum ao meio e enviusado e temperar de flôr-de-sal.

Fazer um tapete com a beringela, o atum por cima, os legumes ao lado e a finalizar um fio de azeite, uma rodela de lima e molho de soja à parte.

Só mais um conselho: escolham um bom tinto, um Douro por exemplo, para acompanhar.

PS – Propositadamente não referi – nem o vou fazer, por agora – porque se gostam mesmo de atum ou o “prato” despertou aquela água na boca…. ADIVINHEM.