Início B1 Turismo na UE com quebra nas dormidas e nas receitas

Turismo na UE com quebra nas dormidas e nas receitas

O sector turístico da União Europeia (UE) perdeu dois milhões de dormidas e 1.000 milhões de euros desde o início de janeiro devido à ausência de turistas chineses, segundo uma informação do comissário europeu do Mercado Interno.

Numa entrevista ao canal BFMTV, Thierry Breton, disse haver um abrandamento importante da economia mundial relacionado com a epidemia do coronavírus, dado o elevado peso económico da China.

Para Thierry Breton, esse impacto sente-se ao nível das cadeias de fornecimento de muitas empresas, que dependem de mercadorias fabricadas na China, mas também no turismo, já que os chineses deixaram de viajar.

Segundo o comissário francês, como resultado registaram-se menos dois milhões de dormidas nos estabelecimentos turísticos dos 27 países da União Europeia desde janeiro, o que se traduz num recuo de 1.000 milhões de euros das receitas mensais.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter