Início B1 Turismo: Macau prejudicado pelos confrontos em Hong Kong

Turismo: Macau prejudicado pelos confrontos em Hong Kong

COMPARTILHE

Os confrontos em Hong Kong provocaram uma quebra de cerca de 17% nos turistas dos mercados internacionais que visitam Macau. Quam o disse foi a coordenadora do Turismo de Macau em Portugal, Paula Machado.

Portugal também foi afectado pela situação. Refira-se que o número de portugueses que visitam Macau, desde 2013, varia entre os 16.000 e 15.000. Todavia, no ano passado (2018) visitaram Macau 15.594, contra os 16.259 que o fizeram em 2017.

Curiosamente, Portugal é o mercado turístico europeu com mais tempo médio de permanência em Macau, com uma média de seis dias em 2018 e nunca menos de quatro noites,, Paula Machado explicou que os dados são relativos à taxa de ocupação de hotéis, não reflectindo as dormidas em casas particulares.

Paula Machado admitiu que a situação de conflito em Hong Kong, pode provocar receio nos visitantes que habitualmente compram um pacote de viagem que inclui a visita aos dois territórios.

Há quem decida manter a viagem, mas também há agências a solicitarem alterações ao programa, por forma a evitar Hong Kong, ou procurar uma forma de sair do território sem passar por zonas de conflito entre os manifestantes e a polícia.

A coordenadora do Turismo de Macau em Portugal refere que era comum vender-se o pacote Hong Kong-Macau ou China-Hong Kong-Macau ou Xangai – Hong Kong-Macau. Hong Kong fazia parte do pacote, porque normalmente as pessoas que viajam de Portugal passam pelo aeroporto terminal de Hong Kong.

Paula Machado destaca que o objetivo do departamento que coordena é atingir os 17.000 visitantes de Portugal para Macau nos próximos anos.

Entre os factores que dificultam a promoção, os responsáveis do turismo identificam “a grande distância” entre Portugal e Macau, o “custo elevado dos voos” e o “baixo salário de uma grande parte da população ativa portuguesa”.

Em 2018, entraram em Macau quase 36 milhões de visitantes, mais 10% do que em 2017.

Macau é apresentado como um dos destinos com maior crescimento turístico e económico do mundo. De acordo com dados oficiais, a região cresceu 211% entre 1999 (o ano da transferência para a China) e 2018, passando de 11,5 para 35,8 milhões de visitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here