Início B2 Turismo Industrial é oportunidade de ouro para Portugal

Turismo Industrial é oportunidade de ouro para Portugal

O presidente do Turismo de Portugal reforçou, esta quinta-feira, que o país tem no Turismo Industrial uma oportunidade de ouro, referindo que devido à pandemia, o novo turista procura novas experiências e se há lugar e se há região em que isto pode acontecer é na região Centro.

Por esse facto, Luís Araújo realçou a necessidade de um casamento cada vez maior entre o turismo e as indústrias com vista à consolidação de uma oferta turística capaz de motivar os turistas não só nacionais como estrangeiros e trazer valor acrescentando a estes sectores.

O responsável considerou que a coordenação entre o sector turístico e as indústrias é o primeiro passo para o sucesso da Rede Portuguesa de Turismo Industrial. A coordenação a que nós assistimos hoje e que é essencial para o sucesso deste tipo de produtos, chamemos-lhe assim, exige muita coordenação dentro do sector turístico, hotelaria, alojamento local, restauração, mas também com o exterior, neste caso com a indústria.

Luís Araújo falava no encerramento da webinar ‘Turismo Industrial em Portugal’, promovida pelo Turismo Centro de Portugal e pelo Turismo de Portugal, integrados no Grupo Dinamizador da Rede Portuguesa de Turismo Industrial.

Na opinião do presidente do Turismo de Portugal, o segundo passo para o sucesso do projecto tem muito a ver com as sinergias que se conseguem desta colaboração, ou desta coordenação.

Para que este seja de facto um produto apetecível, Luís Araújo apontou que a sinergia daquilo que o turismo está a fazer e que a indústria está a fazer, do ponto de vista de sustentabilidade, é essencial para o progresso deste produto, para a internacionalização, não esquecendo a importância do sector digital, não só do ponto de vista de comunicação, mas também de estruturação de produto e de eficiência das empresas dos dois sectores em rede, nem a questão da formação.

– Do lado do Turismo de Portugal, contem connosco para este grande desafio e principalmente para agarrar esta enorme oportunidade, concluiu.

A conferência online foi promovida com o objectivo de dar a conhecer a oferta de Turismo Industrial existente, em particular no Centro de Portugal, partilhar experiências nacionais e internacionais, que confirmem a relevância e procura deste produto, e estimular o desenvolvimento de programas turísticos passíveis de promoção, segundo a organização.

Rita Marques, que falava na sessão de abertura desta webinar afirmou que o Centro de Portugal tem um grande potencial na área do turismo Industrial.

– Temos o vidro e a cerâmica bem visíveis na região Centro, com exemplos excelentes que conhecemos todos bem, como a Vista Alegre, como a Bordalo Pinheiro, como a Atlantis, temos a indústria dos lanifícios, temos a metalomecânica, os plásticos, a indústria das duas rodas, que também é importante, a indústria da extracção mineral, temos as rochas ornamentais, enumerou a secretária de Estado do Turismo que disse que são muitos os exemplos que podem ser bem trabalhados pela região, pelo Turismo do Centro, com o apoio do Turismo de Portugal, com o apoio da Rede Portuguesa de Turismo Industrial.

A governante apontou que o Turismo de Portugal tem disponibilizado várias linhas de apoios financeiros que podem ajudar a corporizar este bom dinamismo que se pretende imprimir no Turismo Industrial. Adiantou que o Governo vai abrir, em breve, o Programa Valorizar e apelou aos municípios para que, em parceria com as empresas e o Turismo do Centro, possam ir organizando as ideias, promovendo projectos sinérgicos que apontem caminhos para a sustentabilidade, para a digitalização, para os novos públicos, de modo a se poder ter amanhã um Turismo Industrial ainda mais forte.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter