Início B1 Turismo de Portugal e o apoio à campanha “Proudly Portugal”

Turismo de Portugal e o apoio à campanha “Proudly Portugal”

COMPARTILHE

Em comunicado e no seguimento de algumas notícias vindas a lume, o Turismo de Portugal esclarece que “Proudly Portugal” é uma campanha da Associação Variações e que o Turismo de Portugal apoiou o projecto apresentado pela Variações, o qual integra, para além da campanha em causa, eventos de interesse para a comunidade LGBTI, apresentando Portugal como um potencial destino para casamentos, promovendo também sinergias entre negócios LGBTI e ajuda aos negócios locais a adoptar uma linguagem e uma comunicação mais inclusivas, contribuindo para apresentar e promover Portugal como destino de excelência no segmento.

No âmbito do projecto, foram ainda apoiadas pelo Turismo de Portugal: a criação da plataforma www.proudlyportugal.pt; uma aplicação digital; vídeos promocionais; visitas de imprensa específicas; e participação em feiras internacionais.

O Turismo de Portugal ressalva que este apoio se insere na estratégia de promoção do destino Portugal que tem como foco posicioná-lo como um país inclusivo, aberto e ligado ao mundo, que recebe bem todos quantos o visitam, independentemente da sua origem, condição, cultura, religião, identidade, género ou orientação sexual. Estamos empenhados em construir um destino inclusivo e respeitador de todas as pessoas, pelo que a comunidade LGBTI não poderia estar ausente desta abordagem, lê-se no comunicado. E continua:

À semelhança do que estamos a fazer para outros segmentos de mercado, a estratégia passa pela identificação dos canais e das oportunidades mais adequadas para chegarmos a esta comunidade. Simultaneamente, e visando a possibilidade de incrementar a relevância do destino Portugal, temos também procurado o estabelecimento de parcerias com as suas associações representativas, caso da Associação Variações.

Naquele que é actualmente um dos mercados de maior crescimento para Portugal, os EUA, este segmento também tem sido alvo de particular atenção por parte do Turismo de Portugal. Assim, e com o objectivo de melhor posicionar o destino, já em 2019, foi assegurada a presença na Proud Experiences – importante certame que decorre em Nova Iorque – e Portugal passou a ser membro da IGLTA.

Apesar de não existirem estudos específicos sobre este segmento em Portugal, estima-se que o país recebe, anualmente, cerca de 2 milhões de hóspedes LGBTI.

Quanto às motivações para viajar, este segmento procura destinos com leis liberais, onde se sintam seguros e bem-recebidos. E Portugal reúne todas estas as condições, ao ser considerado o 3º país mais seguro do mundo (Global Peace Index); o 12º mais competitivo, de acordo com o ranking do World Economic Forum que analisa factores como as infraestruturas turísticas, a sustentabilidade ambiental e a abertura internacional; e o Melhor Destino Turístico do Mundo (World Travel Awards).

Estatisticamente, a nível europeu, são três as principais motivações deste segmento: Eventos e Festivais (como as Marchas do Orgulho e Festivais de Música), casamentos e viagens culturais.

O Turismo de Portugal esclarece ainda que queremos que Portugal seja um destino para todos, não só para visitar, mas também, para estudar, casar, viver, criar empresas, e o facto de, a par de tantas outras distinções, liderarmos o Spartacus Gay Travel Index, é um claro reconhecimento deste posicionamento e da estratégia que estamos a seguir.