Início B3 Turismo de cruzeiros com menos 500 mil passageiros até Julho

Turismo de cruzeiros com menos 500 mil passageiros até Julho

Até Julho os portos portugueses perderam mais de meio milhão de cruzeiristas face ao mesmo período do ano anterior.

Nos primeiros 7 meses do ano passado tinham passado pelos portos portugueses 750 mil passageiros de navios de cruzeiro, com 496 escalas. Este ano, no mesmo período, o número caiu para 229 mil, o que equivale a uma quebra de 69% – superior a mais de meio milhão de turistas.

Este é resultado da suspensão de actividade de cruzeiros internacionais, que entrou em vigor em Portugal a 14 de Março, e para a qual não há ainda fim à vista.

Entretanto, o movimento de navios de cruzeiros nos portos da Madeira deverá ser retomado em Novembro, mas tudo dependerá da situação internacional da pandemia da Covid-19, disse o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.

O governante madeirense falava no sábado durante uma visita a várias obras de beneficiação que foram realizadas no Porto do Funchal, no valor de 5,2 milhões de euros, nomeadamente o reforço de segurança do cais Sul e instalação de novos cabeços de amarração de navios com capacidade de carga superior a 150 toneladas.

– Estamos a preparar tudo para quando for possível ter o recomeço desta actividade importante para nós”, declarou, lembrando que em 2019 o Porto do Funchal recebeu 585 mil turistas, cujo impacto na economia da cidade está estimada em 50 milhões de euros.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter