Início B1 TAP: SNPVAC e SPAC adiam votação do acordo de emergência

TAP: SNPVAC e SPAC adiam votação do acordo de emergência

Embora estando agendada para ontem (22) a data de votação do acordo de emergência com a TAP, o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) adiou a mesma para data a anunciar.

A decisão foi anunciada por Carlos Afonso de Sousa Castelo, presidente da assembleia geral do SNPVAC, que explicando que o adiamento se deu de forma a salvaguardar o superior interesse da classe.

Recorde-se que esta atitude acontece depois de o Sindicato de Pilotos da Aviação Civil (SPAC) ter desconvocado a assembleia-geral prevista para sábado (20), na qual iria votar o acordo de emergência na TAP, adiando-a para dia 26, devido a algumas fragilidades técnico-informáticas.

Entretanto, o Governo anunciou, conforme o Opção Turismo noticiou, que a TAP ia (possivelmente) avançar ontem, segunda-feira, preventivamente, com o regime sucedâneo, uma solução unilateral enquanto aguarda a decisão do SPAC e do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) sobre o acordo de emergência.

Saliente-se que o regime sucedâneo permite aplicar de forma unilateral, entre outras medidas, a suspensão total ou parcial das cláusulas dos acordos de empresa.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter