TAP está confiante que próximo governo confia na reestruturação

Em recente declaração à LUSA, a presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, afirmou estar confiante de que qualquer governo que saia das próximas legislativas verá que o plano de reestruturação da companhia pode criar valor ao país.

Estou confiante que qualquer governo vai ver como este plano de reestruturação está bem organizado e bem estruturado e que é um plano que conseguirá trazer valor, não só à companhia, mas também ao país, disse a CEO da TAP.

Sobre a hipótese de o novo governo que sair das próximas eleições legislativas ter a ideia ou mesmo querer avançar para a privatização da companhia aérea, Christine Ourmières-Widener explicou que a decisão de privatizar é dos accionistas. Enquanto equipa executiva a nossa missão é executar o plano de reestruturação.

Depois de demonstrar que a TAP pode ser financeiramente sustentável, seja em  forma de recapitalização ou como uma nova injeção é feita, é uma decisão que cabe aos acionistas, frisou.