Início B2 SPAC quer fim das restrições de voos para o Brasil

SPAC quer fim das restrições de voos para o Brasil

Apelamos ao Governo português para que corrija esta situação de clara injustiça concorrencial e asfixia económica que torna ainda pior um cenário já de si catastrófico. Este apelo é feito pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) numa missiva enviada ao ministro das Infraestruturas e Habitação pedindo ao Governo para acabar com a proibição de voos da TAP para o Brasil, que está a criar uma situação de clara injustiça concorrencial relativamente às outras companhias europeias.

O sindicato justifica que são inúmeros os passageiros que estão a contornar a proibição de voos para o Brasil com origem em Portugal através da utilização dos ‘hubs’ de Madrid, Paris, Amesterdão, Zurique e Frankfurt.

O SPAC refere ainda na carta que a situação é ainda mais incompreensível, quando são os próprios consulados portugueses no Brasil a dar indicações para quem necessita de se deslocar a Portugal, sugerindo a utilização de outros aeroportos na Europa, como porta de entrada.

Numa rápida análise nos sites da Ibéria, Air France/KLM, Lufthansa e Swiss, constata-se que todas as companhias estão a comercializar voos de/para o Brasil, tendo como origem ou destino Portugal, a preços abaixo de custo.

Desta forma, torna-se ainda mais difícil a recuperação económica da nossa companhia, dando espaço para que as nossas principais concorrentes ganhem quota de mercado à custa do vazio deixado pela TAP e dando azo a que, numa próxima vez, milhares de passageiros não escolham a TAP por já terem adquirido bilhetes noutra companhia, conclui o sindicato.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here