Início VIP South African Airways ainda pode ser salva

South African Airways ainda pode ser salva

A eminente falência da South African Airways (SAA) atraiu o interesse da companhia aérea Ethiopian Airlines que propôs  ao governo da África do Sul a criação de uma ‘joint-venture’ para evitar o fecho da SAA.

O interesse da companhia etíope, que tem apresentado lucros durante a pandemia, esconde o seu desejo de se tornar numa das companhias mais fortes em África.

No entanto, a proposta não tem sido bem aceite quer por políticos, quer por altas figuras da finança ou empresários, que não querem ver ‘sua’ companhia aérea nacional falindo ou passando para a mão de grupos estrangeiros.

Também, refira-se, que os que os etíopes oferecem é apenas uma salvação operacional, uma vez que apenas teriam oferecido aviões, pilotos e serviços de manutenção à SAA. Toda e qualquer dívida relacionada a credores ou custos com os funcionários, oriundas da operação da empresa sul-africana até aqui, estariam totalmente fora do alcance do acordo e seriam pagas com dinheiro do governo da África do Sul.

Mas ainda pode haver uma esperança já que os actuais administradores da South African Airways anunciaram que vão decidir sobre o futuro da companhia aérea durante esta semana depois de terem contactado alguns financiadores que estariam dispostos a fornecer uma parte dos 590,4 milhões de dólares necessários para a implementação do plano de resgate de negócios da companhia aérea.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter