COMPARTILHE

Os responsáveis pelo sector da aviação da ilha de Phuket, na Tailândia, decidiram que ao abrigo da lei existente no país podem aplicar a pena de morte a quem tirar selfies numa praia situada no final da pista do aeroporto. A justificação é de que podem distrair os pilotos e o Código Penal tailandês considera que causar distrações desse tipo é punida com  pena de morte.

Tal como acontece em todos os cantos do mundo, o Instagram está também a mudar o comportamento dos turistas e, por vezes, criando situações incómodas.

Desta feita, uma praia tailandesa tornou-se popular em todo o mundo, já que “permite” tirar fotografias ou selfies com um avião a descolar da pista. De tal modo que a quantidade de pessoas que para ali vai está a causar uma verdadeira dor de cabeça aos responsáveis pelo aeroporto de Phuket que decidiram interditar a praia com medo de algum acidente.

Claro que para o mais comum dos mortais, a relação causa-efeito entre uma selfie .e o acidente é questionável, mas o poder está do lado das autoridades.

Trata-se de uma questão séria já que a lei tailandesa diz que distrair um piloto – o cerne da questão – é punido com pena de morte. E lei é lei!

Mas porque o turismo é uma das principais fontes de receita da Tailândia, o dirctor da infraestrutura aeroportuária de Phuket ressalva que “queremos que o turismo e a aviação possam coexistir” mas não vamos permitir o risco de acidentes.