Início B1 Reino Unido/Portugal: companhias aéreas em permanente avaliação da situação

Reino Unido/Portugal: companhias aéreas em permanente avaliação da situação

Só a TAP cancelou esta segunda-feira oito voos do Reino Unido, e está a avaliar a situação em permanência. No seu site oficial estão informações dirigidas a todos os passageiros. O mesmo acontece em relação às restantes companhias aéreas com voos de Inglaterra para o nosso país.

Também as companhias aéreas easyJet, Tui Airways e Jet2 já estão a cancelar voos do Reino Unido para Portugal. A evolução epidemiológica no Reino Unido, onde foi identificada uma variante mais contagiosa do novo coronavírus, levou o Governo português a decretar restrições aos passageiros de voos vindos do Reino Unido à entrada de Portugal.

Recorde-se que o Governo português decretou no domingo restrições à entrada em Portugal de passageiros de voos provenientes do Reino Unido, que passou, desde a meia-noite, a ser permitida apenas a cidadãos nacionais ou legalmente residentes em Portugal.

Só ontem, segunda-feira a easyJet cancelou três voos que estavam previstos para Portugal continental. Dois iriam sair de Londres para Lisboa, e o terceiro para Faro, vindo de Bristol, além dos que estavam previstos para a Madeira.

O agravamento das medidas deve-se ao alerta pelas autoridades britânicas à Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a descoberta da nova variante do SARS-CoV-2 que é mais facilmente transmissível, embora não haja provas de que seja mais letal ou que possa ter impacto na eficácia das vacinas desenvolvidas. Em Portugal, não se confirma a circulação desta nova variante do vírus.

Segundo comunicado da TAP, todos os passageiros provenientes do Reino Unidos, que cheguem a Portugal, independentemente do seu destino final ou nacionalidade, têm de apresentar comprovativo de realização de teste laboratorial (RT-PCR) para rastreio da infecção por SARS-CoV-2 realizado nas 72 horas anteriores ao momento do embarque, com resultado negativo.

Diz ainda a companhia aérea que apenas são autorizados a embarcar do Reino Unido para Portugal ou para países do espaço Schengen passageiros de nacionalidade portuguesa e estrangeiros residentes em Portugal, e seus familiares, ou diplomatas acreditados em missões diplomáticas em Portugal.
Além disso, os passageiros de todas as nacionalidades com ligações no mesmo dia de Lisboa ou Porto para países não Schengen podem ser aceites se apresentarem o comprovativo de realização de teste.

No entanto, relativamente às medidas acima mencionadas, foi aberto um regime de excepção à apresentação do teste, apenas até as 23h59 de dia 23 de Dezembro. Não obstante esta excepção, os passageiros deverão apresentar o teste se as regras do seu destino final assim o ditarem.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter