Início Destaques Reino Unido “fecha” viagens à partida de Portugal

Reino Unido “fecha” viagens à partida de Portugal

Com menos de 12 horas de aviso, o governo britânico anunciou a decisão urgente de proibir viagens para o Reino Unido de vários países da América do Sul, de Portugal e de Cabo Verde, para evitar a propagação de uma nova estirpe do SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19.

Devido à estirpe brasileira do coronavírus, os corredores de viagem internacional do Reino Unido com os arquipélagos da Madeira e dos Açores e ainda Portugal continental, vão fechar hoje (15) e as ligações aéreas suspensas.

Recorde-se que, até agora, os passageiros com origem na Madeira e Açores estavam isentos de cumprir a quarentena de 10 dias exigida à maioria dos viajantes que chegam do estrangeiro.

Todavia e por decisão do governo britânico, a partir das 04h00 hoje, de sexta-feira, deixam de estar na lista de destinos seguros. Consequentemente qualquer pessoa que chegue desses de Portugal a partir das 04h00 de sexta-feira será legalmente obrigada a ficar em isolamento durante dez dias.

Cidadãos britânicos e irlandeses ou nacionais de países terceiros com direito de residência no Reino Unido, tal como emigrantes portugueses a viver no país, poderão entrar, mas serão obrigados ficar em quarentena durante 10 dias.

Os camionistas que viajem a partir de Portugal estão isentos deste bloqueio para permitir a circulação de bens essenciais.

Siza Vieira critica Reino Unido

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, criticou esta quinta-feira as autoridades do Reino Unido pela proibição das viagens para o Reino Unido com origem em Portugal, devido à nova variante do coronavírus proveniente do Brasil.

Julgo que as autoridades britânicas não sabem que temos o controlo de todos os passageiros que chegam a Portugal, inclusive do Brasil, têm de ter um teste efectuado nas últimas 72 horas antes do embarque e teste à chegada. A situação é bastante extrema. No Reino Unido, o lockdown é muito intenso, não creio que essa decisão tenha qualquer impacto, realçou



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter