COMPARTILHE

A BALPA, a associação de pilotos da aviação comercial britânica anunciou mais sete dias de greve uma vez que a greve levada a efeito durante quatro “ter causado poucas interrupções na companhia aérea”. Assim, os próximos dias de greve vão acontecer nos dias 18, 19, 21, 23, 25, 27 e 29 de setembro. Saliente-se que alguns destes dia vão coincidir com os dias de greves de pilotos e tripulantes de cabine (TCP) convocadas na Espanha.

Em Espanha, os sindicatos convocaram dez dias de greve para o TCP, que começou no dia 01 de setembro e atinge, entre outros, os dias 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de setembro. A greve de pilotos acontecerá  nos dias 19, 20, 22, 27 e 29 de setembro.

As tensões entre a Ryanair e os pilotos são baseadas em suas reivindicações sobre pensões, seguro contra perda de licença, licença de maternidade e uma estrutura salarial justa, questões em que eles não chegaram a um acordo com a empresa, que “não apresentou nenhuma oferta ”, conforme referiu a BALPA em comunicado.

A BALPA foi o primeiro sindicato reconhecido pela companhia aérea Ryanair no início de 2018. Durante o ano passado, a empresa irlandesa de baixo custo sofreu uma onda de greves nos diferentes países em que opera, incluindo Portugal, que contribuiu para que os seus lucros anuais fossem os mais baixos nos últimos quatro anos.