COMPARTILHE

As receitas turísticas tiveram um crescimento de 5% entre janeiro e março deste ano, após o recorde que o país já tinha atingido em 2018. Quem o disse foi a secretária de Estado do Turismo, acrescentando ter havido um crescimento sobre o recorde alcançado em 2018.

As receitas turísticas cresceram 5% de janeiro a março, frisou Ana Mendes Godinho, citando dados divulgados agora pelo Banco de Portugal.

O Banco de Portugal divulgou que as receitas turísticas atingiram os 2.732 milhões de euros, um crescimento de 5,3% face aos primeiros três meses do ano passado.

Ana Mendes Godinho lembrou ainda que o crescimento verificado entre janeiro e março deste ano, não incluiu o período da Páscoa que este ano foi em abril.

Os portugueses constituem o principal mercado e recordo que em 2018 totalizaram 9,8 milhões de hóspedes no alojamento turístico, ou seja, um crescimento de 35% face a 2015.

Para a governante, o turismo é uma grande arma para abrir o mapa de Portugal e para ser um instrumento de coesão territorial do país. E deu um exemplo disso:

Entre 2015 e 2017, as dormidas no dito interior de Portugal cresceram 1,4 milhões.