Início B1 Proveitos no alojamento turístico continuaram a cair entre Janeiro e Maio

Proveitos no alojamento turístico continuaram a cair entre Janeiro e Maio

No conjunto dos primeiros cinco meses do ano, os proveitos nos estabelecimentos de alojamento turísticos no nosso país registaram quebras de 47,8% no total e de 46,3% relativos a aposento, segundo dados divulgados esta quinta-feira pelo INE.

Entre Janeiro e Maio de 2021, a evolução dos proveitos foi positiva nos estabelecimentos de turismo no espaço rural e de habitação, enquanto na hotelaria, os proveitos totais e de aposento diminuíram 51,7% e 50,7%, respectivamente (peso de 82,7% e 80,3% no total do alojamento turístico, pela mesma ordem).

Considerando as mesmas variáveis, os estabelecimentos de alojamento local (quotas de 10,3% e 12,3%) apresentaram evoluções negativas de 33,7% e 32,5%, enquanto no turismo no espaço rural e de habitação (representatividade de 7,2% e 7,4%) se observaram crescimentos de 43,5% e 45,4%.

O INE indica ainda que, no período contabilizado, a variação do RevPar situou-se em -44,0%, com descidas de 46,5% na hotelaria, 37,1% no alojamento local, mas subidas de 21,2% no turismo no espaço rural e de habitação.

No conjunto dos estabelecimentos de alojamento turístico, o rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 77,6 euros em Maio.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter