Início VIP Procura turística por Cabo Verde deverá recuar 15 anos

Procura turística por Cabo Verde deverá recuar 15 anos

No dia em que abriu os aeroportos a voos internacionais, Cabo Verde mantém-se muito preocupada com a evolução da procura turística para o arquipélago, avançando que ela deverá recuar 15 anos.

A procura turística por Cabo Verde deverá recuar este ano a níveis de 2005, uma quebra de 70% devido à pandemia da Covid-19, perdendo mais de 550 mil turistas face à previsão inicial do Governo, após 7 meses de encerramento de fronteiras.

A previsão, que agrava a estimativa anterior, consta dos documentos de suporte à proposta de lei do Orçamento do Estado para 2021, segundo avança a Lusa.

Em Julho, com a previsão de reabertura do arquipélago aos voos internacionais comerciais no mês seguinte — que não se concretizou, avançando apenas um corredor aéreo para voos essenciais a partir de Lisboa -, o Governo estimava que procura turística iria recuar este ano a níveis de 2009, com a perda de 536 mil turistas, sendo este um sector que garante 25% do Produto Interno Bruto (PIB) cabo-verdiano.

Tratava-se, conforme previsto no Orçamento do Estado Rectificativo para este ano, então aprovado, de uma quebra de 58,8% na procura turística, face aos 819 mil turistas que o arquipélago recebeu em 2019.

O Governo estimava inicialmente, no arranque do ano, antes da pandemia, um crescimento da procura turística de 6,6%, aproximando-se da meta anual de um milhão de turistas, depois de um crescimento de 7% em 2019.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here