Início B1 PRO.VAR prevê mais de 100.000 despedimentos no 1.º trimestre

PRO.VAR prevê mais de 100.000 despedimentos no 1.º trimestre

Com base num inquérito realizado a empresários da restauração, com especial incidência nos restaurantes, a PRO.VAR – Promover e Inovar a Restauração Nacional disse que os despedimentos no sector podem ultrapassar os 100.000, no primeiro trimestre deste ano.

Basesada nos dados do referido inquérito, a associação destaca que os empresários da restauração, com especial incidência nos restaurantes, afirmaram que terão de despedir entre três a quatro trabalhadores por estabelecimento, o que se prevê que os despedimentos ultrapassem os 100.000 trabalhadores neste primeiro trimestre.

O inquérito foi realizado entre os dias 04 e 10 de Janeiro, com respostas válidas de 542 estabelecimentos de restauração, aos quais perguntou se “Com as mesmas perdas e sem apoios, vai ter de despedir?”.

A PRO.VAR chamou também a atenção para as novas consequências de um segundo confinamento, uma vez que o sector está sem ‘saúde’ financeira e mental, e, portanto, sem liquidez e com ‘stress’ acumulado.

Neste sentido, a PRO.VAR pede ao Governo que apoie de imediato as empresas do sector e propõe a criação de um APOIAR 2.0, para o último trimestre de 2020, atribuindo um apoio de 280 milhões de euros (apoio a fundo perdido dos custos fixos, com idêntica base de cálculo, 20% das perdas que se estimam serem de 1,4 mil milhões de euros, resultado de 70% de perda homóloga no valor de dois mil milhões de euros), dividido por escalões que contemplem tectos diferentes para perdas superiores a 25% e 40%. Acrescenta ainda que caso isso não aconteça, ou seja, o Governo não injecte liquidez adequada e imediata nas empresas, cerca de um terço das empresas do sector da restauração que já se encontram em incumprimento com o Estado, trabalhadores e fornecedores, colocam a hipótese de não reabrir depois de um novo confinamento.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here