Início B3 Principais mercados emissores registam fortes quebras

Principais mercados emissores registam fortes quebras

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), a totalidade dos 16 principais mercados emissores de turistas para Portugal registaram decréscimos superiores a 65% em Julho, com as maiores quedas a registarem-se nos mercados canadiano, chinês (ambos com -96,0%), norte-americano (-95,6%) e dinamarquês (-94,5%), enquanto os mercados suíço (-67,6%), belga (-71,9%) e espanhol (-72,1%) foram, entre os principais, os que registaram menores decréscimos.

Refira-se, segundo a nota do INE, desde o início do ano, todos os principais mercados recuaram, com destaque para os mercados irlandês (-88,0%), norte-americano (-81,3%) e britânico (-78,4%).

No mês em análise (Julho), todas as regiões registaram decréscimos das dormidas, tendo as menores diminuições ocorrido no Alentejo (-26,2%) e Centro (-49,6%) e as maiores reduções acontecido na Madeira (-86,9%), nos Açores (-84,7%) e na Área Metropolitana de Lisboa (-82,5%).


O Algarve concentrou 39,1% das dormidas, seguindo-se o Norte (17,8%) e o Centro (14,9%).


No acumulado dos primeiros sete meses do ano, as regiões que apresentaram menores diminuições foram o Alentejo (-46,2%), Centro (-58,9%) e Norte (-61,5%).



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here