Início B1 Portugal: perdas acima de 2% do PIB face à quebra no turismo

Portugal: perdas acima de 2% do PIB face à quebra no turismo

As perdas nas receitas do turismo que ultrapassam os 2% do PIB devem concentrar-se em grandes exportadores de turismo, como a Costa Rica, Egipto, Grécia, Marrocos, Nova Zelândia, Portugal, Espanha, Sri Lanka, Tailândia e Turquia. Esta consideração é apresentada no relatório sobre o sector externo agora divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

Refira-se que os dados relativos ao turismo foram analisados a partir de um estudo da Organização Internacional do Turismo, que inclui um cenário envolvendo um levantamento gradual de restrições às viagens com início em Setembro, que implica receitas no turismo 73% abaixo dos níveis de 2019.

Portugal está assim entre os países que deverão ter perdas no sector do turismo superiores a 2% do Produto Interno Bruto (PIB) devido à pandemia de covid-19.

O FMI assinala que haverá um encolhimento modesto nos défices e excedentes das balanças correntes, de 0,3% do PIB global, um valor sujeito a grande incerteza.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter