Início B1 ‘Portugal Events’ tem apoios de cinco milhões por ano até 2023

‘Portugal Events’ tem apoios de cinco milhões por ano até 2023

O programa ‘Portugal Events’, de acordo com o despacho publicado em Diário da República nesta segunda-feira, vai conceder apoios financeiros de cinco milhões de euros por ano à organização de novos eventos, contribuindo para a retoma desta actividade económica.

De acordo com a explicação presente no decreto, os apoios que forem dados estão directamente associados à organização de eventos que pelo seu posicionamento, notoriedade e imagem internacional contribuam para a qualificação da experiência turística e para a adequada estruturação de produtos turísticos ou para o desenvolvimento da economia, a nível nacional ou regional, enquadrando-se, de pleno, nas medidas de retoma da actividade turística.

Esta é uma medida que está prevista no Plano Reactivar o Turismo | Construir o Futuro e vai durar até ao final de 2023, apresentado em Maio e aprovado em meados de Junho em Conselho de Ministros e que visa apoiar a retoma do turismo após a crise pandémica.

O despacho indica que os apoios podem ser concedidos tanto a grandes eventos de dimensão internacional, que se realizem em Portugal, e podem ser de natureza desportiva, artística, cultural, científica ou outra, que se mostrem relevantes para a atracção de turistas estrangeiros e para a promoção internacional de Portugal enquanto destino turístico, bem como que se revelem inovadores e precursores de tendências.

Mas também estão incluídos espectáculos de natureza artística, desportiva, cultural, animação ou negócios de dimensão relevante e que cumpram uma das seguintes características: contribuam para a projecção da imagem de destino turístico da região onde se realizam, para o aumento da notoriedade dessa região no mercado interno (alargado) e para a melhoria da experiência turística para os turistas nacionais e internacionais não residentes na região; no caso de se realizarem fora de Portugal, reforcem a imagem de Portugal como um país inovador, precursor de tendências e autêntico.

E por fim, os eventos associativos ou corporativos não consolidados no calendário dos territórios onde se realizam poderão também ser elegíveis para apoio.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter