Início B1 Portugal entrou em nova fase no alívio das restrições

Portugal entrou em nova fase no alívio das restrições

Face ao ritmo de vacinação acelerado, Portugal entrou ontem, segunda-feira, numa nova fase no alívio das restrições. Desde o alargamento da lotação nos restaurantes e esplanadas, a espectáculos culturais, saiba o que mudou.

Com mais de 70% da população portuguesa com a vacinação completa contra a Covid-19, o Governo decidiu antecipar para esta segunda-feira, 23 de Agosto a fase dois do novo plano de desconfinamento.

Assim, de acordo com o estipulado pelo Governo, os restaurantes, cafés e pastelarias passaram desde ontem a ter limite máximo de oito pessoas por grupo no interior e 15 pessoas por grupo em esplanadas, enquanto os espectáculos culturais podem atingir os 75% de lotação máxima, o mesmo acontecendo com eventos sociais.

Outra nota é que os táxis e os veículos das plataformas electrónicas (TVDE) passam a poder transportar passageiros nos bancos dianteiros.

Além de entrarem em vigor estas novas medidas, mantêm-se os horários para o comércio e restauração com limite até às 02h00 da manhã, bem como obrigatoriedade de apresentação de um certificado ou o teste negativo ao fim de semana na restauração, viagens e alojamentos locais, eventos corporativos com mais de mil pessoas (em ambiente aberto) ou 500 pessoas (em ambiente fechado).

Durante a conferência de imprensa na passada sexta-feira, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva não excluiu que, face à evolução positiva do ritmo de vacinação que também a fase três do plano de desconfinamento possa vir a ser antecipada, como aliás aconteceu em relação à fase dois.

No passado dia 18 de Agosto, Portugal atingiu os 70% da população vacinada o que permitiu o levantamento de algumas restrições. A próxima meta é dos 85%.

– É natural que possamos chegar mais rápido à fase” dos 85% de vacinados, que corresponde a uma terceira etapa do desconfinamento. A expectativa é que possamos acelerar, frisou a governante.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter