Portugal Air Summit aponta futuras edições para Espanha

As próximas edições da cimeira ibérica de aeronáutica Portugal Air Summit poderão vir a decorrer de forma alternada em Ponte de Sor (Portalegre) e San Javier, na província espanhola de Múrcia.

– Se é a maior cimeira aeronáutica da Península Ibérica porque não estendê-la à Península Ibérica? Isso também está na agenda, porque não fazer o evento no país vizinho?, admitiu o presidente da Câmara de Ponte de Sor, Hugo Hilário.

De acordo com o autarca, que falava à Lusa à margem dos trabalhos da cimeira Portugal Air Summit, que decorreu no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor, existem nesta altura conversações com as autoridades de San Javier para avaliar se faz algum sentido desenvolver o certame no país vizinho.

– Esta eventual realização do evento do outro lado da fronteira está a ser equacionada por uma razão muito específica. Este é um sector indiscutivelmente com uma margem de crescimento brutal. O transporte aéreo é o transporte de futuro, ninguém duvida disso, e com uma tendência exponencial de crescimento, afirmou, para acrescentar que, por isso é necessário dar ao evento oportunidade de crescer no futuro e de alargar horizonte.

E, se Espanha quiser, se Múrcia quiser, se San Javier quiser, vai ser possível tornar este evento ainda mais internacional, ainda mais ibérico, para poder competir, acrescentou.

A iniciativa, que decorreu até ontem, domingo, reuniu cerca de 200 oradores, em representação de entidades relevantes da indústria, infra-estruturas e serviços, para debaterem e analisarem, em cerca de 50 conferências, os sectores da aviação, aeronáutica, espaço e defesa.