Início Opinião/Crónica Para reduzir CO2 Air France vai usar novo combustível

Para reduzir CO2 Air France vai usar novo combustível

COMPARTILHE

A Air France e a Shell assinaram um memorando de entendimento para alimentar os voos da empresa a partir de São Francisco, EUA, com uma mistura de combustível convencional e combustível alternativo produzido a partir de resíduos de óleos e gorduras não comestíveis, a partir de 1 de junho de 2020.

Este combustível obteve a certificação RSB (Mesa Redonda sobre Biomateriais Sustentáveis) e obedece a critérios rigorosos de sustentabilidade, segundo um comunicado agora divulgado. O abastecimento do novo combustível pode ser realizado através do sistema centralizado do aeroporto.

A Air France prevê que essa iniciativa evitar a emissão de cerca de 6.000 toneladas de CO2 em 16 meses e reduzir em 50% as emissões de CO2 por passageiro / km até 2030.

Para a CEO da Air France, Anne Rigail, esta iniciativa lançada na Califórnia é a prova de que, quando os Estados implementam incentivos, a produção aumenta e as companhias aéreas têm meios para agir.

Este é um exemplo para duplicar em todo o mundo e especialmente em casa, na França, concluiu a responsável.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook