COMPARTILHE

À semelhança de 2018 e de anos anteriores, Palmela voltou a ser o Município português mais premiado no Concurso Internacional das Cidades do Vinho, com as nossas adegas a arrecadarem 21 medalhas. A 18.ª edição do certame, anteriormente designado como “La Selezione del Sindaco”, decorreu entre 30 de maio e 2 de junho, em Frascati, Castelli Romani, na Itália, e entre as 32 Medalhas de Grande Ouro atribuídas internacionalmente (11 para Portugal), 4 vieram para empresas do concelho de Palmela.

A Casa Ermelinda Freitas conquistou 12 medalhas – uma de Grande Ouro e 11 de Ouro – e coube ao seu Moscatel Roxo Superior 2010 a honra de ser o vinho mais premiado do Concurso, com 94 pontos. Um excelente resultado, também, para a Adega Cooperativa de Palmela, com uma medalha de Grande Ouro e 4 de Ouro. A Adega Camolas e a Venâncio da Costa Lima conquistaram uma Medalha de Grande Ouro e a Herdade de Pegos Claros e a JBFreitas Vinhos receberam uma medalha de Ouro.

No total, 23 municípios trouxeram para Portugal 93 medalhas, consolidando, cada vez mais, o merecido lugar de destaque dos vinhos portugueses nos certames internacionais e demonstrando que a sua qualidade está ao nível dos melhores do mundo.

A entrega dos diplomas aos produtores premiados do Concelho de Palmela decorrerá no dia 1 de setembro, às 16h00, no âmbito do programa da Festa das Vindimas.