COMPARTILHE

Setembro é um dos meses do ano onde uma grande parte da população portuguesa está de volta ao trabalho e a momondo, um motor de busca de viagens, hotéis e aluguer de carros, revela-lhe o que os portugueses sentem antes de regressar de férias.

De acordo com o estudo sobre os hábitos de viagem elaborado pela momondo, 50% dos inquiridos consideram sentir-se tristes ou mal-humorados ao regressar das férias, especialmente aqueles que se encontram entre os 18 e os 22 anos (56%) e entre os 23 e os 35 anos (54%).

Além disso, é o último dia de férias que mais parece influenciar o estado de espírito dos portugueses, com 27% dos entrevistados a afirmarem que se sentem tristes no dia anterior ao seu regresso. De facto, os dados dizem que são exactamente nos últimos momentos de descanso que os portugueses começam a sentir-se mais em baixo – (20%) , enquanto 17% quando já iniciou a viagem rumo a casa (por exemplo, durante o voo).

A influenciar este estado de ansiedade pós-férias, estão tarefas quotidianas, como o lavar das roupas sujas (50%) e as compras para voltar a abastecer o frigorífico (21%). A saudade, tão característica da cultura portuguesa, também está bem latente no espírito dos viajantes nacionais, que desejam voltar a dormir na sua própria cama, principalmente aqueles que se encontram entre os 36 e os 55 anos (65%), estar com os familiares e os amigos (especialmente importante para 45% dos inquiridos entre os 18 e os 22 anos) ou gastar menos dinheiro (27% dos respondentes).

Para tornar o regresso ao quotidiano menos doloroso, 64% dos inquiridos tentam ter mais tempo extra, tirando alguns dias ou evitando marcar compromissos nos primeiros dias de regresso. Outra das formas é adoção de uma alimentação mais cuidada, mais horas de sono ou mais exercício físico (38%).