COMPARTILHE

A região Centro vai, nos próximos anos, ter mais três percursos pedestres e cicláveis, que totalizarão mais de 200 quilómetros, cujos contratos de financiamento do Programa Valorizar já assinados.

Os novos projectos de turismo de natureza são a Ecopista do Vouga (65 quilómetros), a Ecovia do Mondego (90 quilómetros) e a EuroVelo1 – Rota da Costa Atlântica (79 quilómetros).

A Ecopista do Vouga, que atravessará os concelhos de Viseu, S. Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Vouzela, representa um investimento total de 3,371 milhões de euros e será toda construída em terra batida, em cima da antiga linha ferroviária do Vouga.

Por sua vez, a Ecovia do Mondego, que terá uma extensão de cerca de 90 quilómetros e um investimento de 800 mil euros, vai ser ligada à já existente Ecopista do Dão.

Já o projecto EuroVelo1 – Rota da Costa Atlântica irá desenvolver-se no litoral, numa extensão de 79 quilómetros, e representa um investimento de cerca de 1,4 milhões de euros.

A EuroVelo permitirá a ligação entre o norte de Mira, atravessando toda a zona do concelho de Mira, chegando ao concelho de Cantanhede, na freguesia da Tocha, depois o Cabo Mondego da Figueira da Foz, descendo pela Figueira da Foz e atravessando o Mondego.