Início B1 Novo Madalena Beautique Hotel faz tributo à mulher portuguesa

Novo Madalena Beautique Hotel faz tributo à mulher portuguesa

COMPARTILHE

O Madalena Beautique Hotel, que abre portas e é inaugurado oficialmente na próxima quinta-feira (16), nasce da reabilitação de um edifício existente na Rua da Madalena, em Lisboa. Faz tributo à mulher portuguesa, num investimento a rondar os 12 milhões de euros.

Com 38 quartos duplos, um restaurante e bar, a nova unidade hoteleira de 4 estrelas, em plena Baixa Pombalina, está relacionado com o nome Madalena onde predominam as saias, num conceito ligado à mulher portuguesa, da autoria da designer Nini Andrade Silva.

Depois da estreia, em 2013, com o Figueira Beautique Hotel, na Praça da Figueira, e da abertura do icónico WC Beautique Hotel, na Avenida Almirante Reis, em 2017, o grupo inaugura agora a sua terceira unidade e já está a reabilitar outro edifício, também na Almirante Reis, em Lisboa, que dará lugar ao o Dos Reis Beautique Hotel, todos de quatro estrelas, temáticos, e diferentes entre si.

Os projectos são todos assinados por Nini Andrade da Silva. Se no Figueira Beautique Hotel, a designer propõe uma figueira no centro do hotel até ao topo do telhado onde se situa o Spa, e em que se sentem as folhas e os ramos das árvores pelos quartos, o WC Beautique Hotel inspira-se e potencia a experiência de dormir num enorme WC, em que todos os espaços foram desenvolvidos com elementos que passam a ideia do movimento e fluidez da água, presentes nos detalhes e pormenores decorativos. Já do que se sabe do projecto do Dos Reis Beautique Hotel é que terá uma decoração mais clássica, em que o objectivo é usar Portugal no seu melhor. A unidade vai oferecer 44 quatros, incluindo uma suite de 50 m2, num investimento previsto de 14 a 16 milhões de euros.

Quando estiver terminado este último projecto, a cadeia The Beautique Hotels, detida pela família Rabajali, que já tem planos para fora de Lisboa, como Porto, Braga e Évora, passará a contar com 200 quartos na capital portuguesa, num investimento total de 60 milhões de euros. O grupo pretende, igualmente, ampliar para o dobro o The WC Beautique Hotel, tendo já adquirido o edifício adjacente à unidade.

O grupo, como tem afirmado, está a especializar-se na área dos hotéis de charme com assinatura, com 40 a 60 quartos, com uma proposta de colecção de arte em unidades pequenas e em edifícios emblemáticos. O objectivo é oferecer experiências aos seus clientes, que se situam no segmento médio/alto e com bastante diversificação etária.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter