Início B1 Novas ligações aéreas dão esperança ao turismo da Madeira

Novas ligações aéreas dão esperança ao turismo da Madeira

O anúncio de 44 ligações aéreas para a Madeira, provenientes de 12 países, transmite optimismo quanto à retoma do turismo na região este Verão.

– Temos vindo a registar cada vez mais rotas a concretizarem-se para a Madeira, anunciou Eduardo Jesus, secretário do Turismo e Cultura da Madeira.

O responsável sublinhou que a programação dos voos espelha bem, não só o trabalho que está a ser feito, como também a apetência para a viagem que os mercados de origem manifestam assim que haja um levantamento de restrições.

As rotas já estabelecidas estão programadas para acontecer a partir deste momento e são, segundo o governante regional que detém a pasta do Turismo, a consolidação de acções que estão a ser desenvolvidas há muito tempo, como a ligação oriunda de Bucareste, na Roménia, efectuada pela companhia romena TAROM, que era pontual e passa a ser continuada, a partir do Outono.

Inglaterra e Alemanha continuam a ser mercados bastante activos e foi mesmo anunciado mais um destino proveniente do Reino Unido (Bristol), através a companhia Jet2.

No entanto, para além dos seus mercados emissores tradicionais na Europa, Eduardo Jesus garantiu que não queremos ficar por aqui e estamos a trabalhar porque é preciso ter a noção que há mercados que não vão iniciar imediatamente, nomeadamente a América do Norte e toda a América Latina.

Brasil e Canadá eram exemplos de apostas de diversificação do sector turístico da Madeira, mas ainda não estão em condições de emitir o fluxo de turismo desejado.

Face a esta limitação da diversificação dos mercados de longo curso como o turismo da Madeira pretendia, as apostam passam, nomeadamente pela Roménia e Lituânia, disponíveis para gerar turistas para a região.

Vinte trabalhadores da Associação dos Carreiros do Monte foram vacinados contra a Covid-19, esta quinta-feira, no centro de vacinação instalado no Madeira Tecnopolo, no Funchal. O grupo faz parte de um total de 150 trabalhadores abrangidos pelo plano de vacinação específico, neste caso, ligado ao turismo, que pretende chegar às 25 mil pessoas que trabalham neste sector, como forma de garantir maior segurança aos turistas que escolham a região para as suas férias.

Refira-se que, até há bem pouco tempo, a descida do Monte em carro de cesto era uma das poucas actividades de animação turística ainda encerradas na Madeira.

Eduardo de Jesus, secretário regional de Turismo e Cultura, marcou presença no centro e em declarações aos jornalistas, deixou boas perspectivas para o Verão.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter