COMPARTILHE

Como resultado do incidente no Porto de Veneza no passado domingo, dia 2 de junho, o MSC Opera foi submetido a alguns trabalhos de reparação.

Embora estes estejam finalizados desde a passada segunda-feira, o navio ainda se encontra a aguardar pelo término da investigação conduzida pelas autoridades.

Uma vez que estes procedimentos estão a demorar mais do que originalmente previsto, e sabemos agora que não será possível o navio partir a tempo previsto para a próxima viagem, tomámos a difícil mas necessária decisão de cancelar o próximo cruzeiro, que partiria de Bari no dia 8 de junho e de Veneza no dia 9.

Já informámos os nossos passageiros e parceiros sobre o cancelamento e estamos a oferecer uma série de alternativas, incluindo a devolução total do valor do cruzeiro e das despesas de viagem inerentes, bem como do valor de quaisquer serviços pré-reservados. Para além disso, estamos a oferecer um desconto de 50% num futuro cruzeiro de 7 a 21 noites, a ser usufruído até ao final de 2020.

O MSC Opera estava previsto receber 2.451 passageiros provenientes de 53 países.