COMPARTILHE

No seguimento do incidente que envolveu no passado domingo, dia 03, o MSC Opera em Veneza, a MSC Cruzeiros já teve a permissão por parte das autoridades para dar início aos trabalhos de restauração. Os estragos do navio limitam-se à parte mais periférica do casco. Encontram-se já a decorrer os trabalhos de soldagem, mas neste momento não é possível determinar o tempo estimado para a conclusão dos mesmos.

Ao mesmo tempo, as investigações para apurar as causas do incidente estão neste momento a demorar mais do que inicialmente previsto e, por esse motivo, dificilmente o navio voltará a navegar hoje ou amanhã. Para este fim, a MSC Cruzeiros tem trabalhado desde o início em estreita colaboração com as autoridades envolvidas, e disponibilizou total cooperação 24 horas por dia para ajudar a constituir todos os factos, bem como para recuperar todos os dados técnicos.

Na sequência do acima exposto, a MSC Cruzeiros tomou a decisão de cancelar o cruzeiro actual até ao início do próximo e de reembolsar a cada passageiro o custo total do bilhete de cruzeiro e quaisquer serviços pré-pagos adquiridos.

Para além disso, o navio permanecerá disponível para todos os passageiros que pretenderem ficar a bordo, uma vez que ficará em Veneza até ao final do cruzeiro previamente programado. Todos os serviços e entretenimento a bordo continuarão a operar na sua totalidade. Para além disso, o serviço regular de barco shuttle de e para a Piazza San Marco em Veneza estará disponível para todos os passageiros.

Para os passageiros que preferirem desembarcar hoje ou a qualquer momento e voltar para casa, a MSC Cruzeiros vai disponibilizar toda a assistência necessária para o transporte e assumirá os custos.

Os passageiros que tinham previsto o desembarque em Bari no sábado, dia 8, e que pretendem permanecer a bordo, a saída do navio de Veneza está programada para o próximo dia 7, sexta-feira, realizando escala em Bari, no sábado. A partir desse porto, o MSC Opera continuará a navegar como previamente programado.