Início Opção Turismo Moratórias chegam ao fim

Moratórias chegam ao fim

Terminaram a 30 de Setembro as moratórias bancárias. De acordo com o Banco de Portugal, nos sectores mais vulneráveis existiam, em Agosto, 23,5 mil empresas abrangidas por moratórias, num montante total de 8,3 mil milhões de euros.

Recentemente, foram anunciadas as condições de acesso à Linha Retomar, através da qual se pode beneficiar de uma garantia mútua destinada a garantir até 25% das operações elegíveis a serem reestruturadas.

No entanto, a AHRESP tem vindo a alertar desde Julho para a necessidade do protocolo da medida Retomar ser disponibilizado com a antecedência necessária, para que os bancos e empresários dispusessem de tempo para concluir o processo de negociação antes de 30 de Setembro.

Contudo, queixa-se a Associação que as condições oficiais só foram conhecidas a menos de uma semana desta data, para referir que, considerando que as dificuldades da maioria das empresas que estão directamente relacionadas com a situação extraordinária causada pela pandemia, o enquadramento desta medida deve salvaguardar o historial bancário das empresas beneficiárias, de forma a não prejudicar a análise de eventuais pedidos futuros de financiamento junto da Banca.

Entretanto, a AHRESP lembra que as restrições e limitações vividas até agora provocaram o encerramento de muitas empresas e a extinção de milhares de postos de trabalho, pelo neste momento em que a maioria das restrições ao funcionamento dos estabelecimentos foram levantadas, designadamente na limitação de horários, capacidade ou mesmo a exigência de certificado digital Covid ou teste com resultado negativo para acesso a estabelecimentos de restauração e similares e a empreendimentos turísticos ou de alojamento local, sendo que, esta obrigação ainda se mantém para as discotecas e bares, sublinha ser essencial que se mantenham apoios e que se reforcem mecanismos de incentivo ao consumo.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter