Início B2 Madeira quer ‘discriminação positiva’ ao Governo alemão

Madeira quer ‘discriminação positiva’ ao Governo alemão

É um entendimento incorreto do Governo alemão. Quem o disse foi Eduardo Jesus, secretário Regional do Turismo e Cultura da Madeira, explicando não existir qualquer razão para considerar a Madeira no todo nacional e numa zona de risco de uma variante da covid-19 que a Madeira não tem. Ou seja, a detectada na Índia, a Delta.

Nesse sentido e criticando também a ineficácia do primeiro-ministro em transmitir que o arquipélago é um território seguro, o Governo da Madeira vai reclamar uma “discriminação positiva” para a região junto do governo alemão, que colocou Portugal na lista vermelha dos viajantes.

O governante ressalvou também que a Madeira não quer um tratamento de excepção, mas sim uma discriminação positiva porque tem condições para isso, e por isso e actualmente pode reclamá-la.

Tal como o Opção Turismo refere noutra notícia, as autoridades sanitárias da Alemanha colocaram, na passada sexta-feira, Portugal na ‘lista vermelha’, uma decisão que vigorará a partir de amanhã, terça-feira (29) e que obrigará todos os viajantes provenientes do território português a uma quarentena de 14 dias.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter