Início Destaques Madeira: grupo de trabalho vai estudar problemas da operação aérea

Madeira: grupo de trabalho vai estudar problemas da operação aérea

Está já a funcionar o grupo de trabalho constituído para estudar os problemas da operação aérea no arquipélago da Madeira, o qual tem por objectivo identificar os principais constrangimentos da operação aeroportuária na região, relacionados com os ventos, e apontar possíveis soluções, técnica e economicamente viáveis, no prazo de seis meses, caso não seja prorrogado por mais seis.

O despacho, assinado pelo secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Santos Mendes, refere que os dados negativos registados a partir de 2018 no movimento de passageiros no Aeroporto da Madeira estão relacionados com o aumento dos problemas meteorológicos na área, em Santa Cruz, leste da ilha, sobretudo ao nível do vento.

Destaque-se que na impossibilidade de aterrarem na ilha da Madeira, as aeronaves devem voltar para o aeroporto de origem ou então para outros aeroportos disponíveis e ao seu alcance, nomeadamente Lisboa e Canárias, o que causa, nomeadamente com perdas de tempo e trercursos por parte das companhias aéreas e dos passageiros.

O despacho do secretário de Estado Adjunto e das Comunicações indica que, depois de vários anos a crescer consecutivamente, em 2018, o número de passageiros nos aeroportos da Madeira caiu 0,9% e manteve-se praticamente estagnado em 2019.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter