Início Opção Turismo Madeira: destino seguro e livre da Europa para viajar

Madeira: destino seguro e livre da Europa para viajar

Após um mês de abertura ao turismo a Madeira regista perto de uma dezena de casos activos, continuando a ser um dos destinos mais seguros para viajar na Europa. Como medida de prevenção face ao maior fluxo de voos para a região, tornou-se obrigatório desde o passado dia 1 de Agosto o uso de máscara em espaços públicos, mas garantindo a sua não utilização nos casos em que o distanciamento social seja respeitado (como sejam a prática desportiva, os passeios de natureza, frequência de praias e complexos balneares) e em situações especificas, como o caso de crianças até 10 anos.

O bem-estar e proteção dos cidadãos e dos turistas que visitam o Arquipélago da Madeira continua a ser a prioridade, desde cedo, do Governo Regional da Madeira, com forte consenso e articulação entre os organismos de turismo e saúde, e o próprio setor do turismo, face à difícil situação pandémica internacional.

A regra agora anunciada de utilização de máscaras em espaços públicos exteriores é acompanhada de uma quantidade de medidas de excepção que visam não comprometer o conforto e usufruto dos espaços ao ar livre pelos turistas e madeirenses, em situações de actividade física e lazer. Assim, estão excecionadas a utilização de máscaras para: crianças até aos 10 anos; pessoas incapacitadas; a prática desportiva, praias, zonas e complexos balneares e acessos ao mar, com excepção das instalações sanitárias onde é obrigatório o uso de máscara; realização de actividade física e/ou lazer que envolva a realização de esforço físico; e, actividades lúdico-desportivas em espaço florestal e percursos pedestres recomendados.

A Associação de Promoção da Madeira (AP Madeira) recorda-se que, desde que se mantenha o distanciamento social e numa grande parte de actividades de animação turística e de puro lazer como os passeios a pé nas levadas, o estar na praia, na piscina e em complexos balneares, bem como a prática de desportos como a corrida, surf, golf, entre muitos outros são situações em que locais e visitantes poderão continuar a desfrutar do ar livre, como até à data.

Sobre este tema, Nuno Vale, director executivo da AP Madeira afirma que a segurança continua, inevitavelmente, nos dias de hoje, a estar no topo das preocupações dos cidadãos, mas também dos turistas facto pelo qual é prioritário manter o reduzido número de casos e a verdadeira liberdade de viver e desfrutar as ilhas da Madeira e Porto Santo.

A Madeira continua a ser um dos destinos mais seguros da Europa para viajar e pretende continuar a sê-lo, essa sim a razão na base de mais este passo.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter