Início B1 Madeira exige teste PCR à entrada por mais um mês

Madeira exige teste PCR à entrada por mais um mês

Vamos prorrogar mais um mês a exigência imperativa dos testes PCR para entrada nos portos e aeroportos da Região Autónoma da Madeira. Quem o disse foi o presidente do Governo Regional da Madeira, anunciando que o Governo da Madeira prolongou por mais um mês a exigência de teste PCR negativo para covid-19 à entrada nos portos e aeroportos da região autónoma para viajantes oriundos do exterior.

O Miguel Albuquerque explicou que a medida que autorizava a apresentação apenas do teste rápido antigénio, prevista para entrar em vigor no dia 01 de Julho, será revogada.

O presidente do executivo regional frisou ainda que a decisão decorre do agravamento da situação epidemiológica na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde a variante Delta do novo coronavírus se tornou prevalente.

Miguel Albuquerque revelou que ainda não foi detectada a variante Delta no arquipélago, sendo que as autoridades de saúde aguardam o resultado de amostras enviadas para análise no Instituto Nacional de Saúde (INSA).

Agora não podemos ter a veleidade de pensar que, com a abertura dos portos e dos aeroportos, isso pode não vir a acontecer. Somos uma ilha aberta ao exterior e, portanto, somos suscetíveis de ter essa variante cá, disse o governante.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter