COMPARTILHE

«» Entrevista com Paula Machado, coordenadora do Centro de Promoção Turística de Macau em Portugal e Espanha

Em recente entrevista ao Opção Turismo, Paula Machado, responsável pelo Centro de Promoção Turística de Macau em Portugal e em Espanha começou por referir que a sua mais importante tarefa será o de reforçar a presença da Região Administrativa Especial de Macau, não só no mercado nacional como no mercado espanhol, relembrando que nos últimos anos o alvo tem sido na divulgação do destino, nomeadamente através das novas plataformas digitais, redes sociais, realidade virtual, etc. Ou seja, no aproveitamento de todas as facilidades, sobretudo as mais inovadoras, de divulgação das múltiplas actrações de Macau, de modo a consolidar a estratégico de Macau como Centro Mundial de Turismo e Lazer.

O contínuo esforço de modernização das infra-estruturas hoteleiras da região – mais de 39.000 quartos, dos quais 23.900 são 5 estrelas -, a par com a actualização e oferta dos casinos e centros de diversão, do aparecimento de mais restaurantes galardoados com estrelas Michelin, mostram a importância e a posição de Macau não só no mundo dos eventos, conferências e negócios, mas também no universo do lazer e do entretenimento.

Neste particular tema há ainda que sobressair, pela sua importância, um outro atractivo, que vai para além das actrações habituais como património cultural, património, gastronomia e grandes eventos: a ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau recém-inaugurado que é, com seus 55 quilómetros, a maior sobre o mar em todo o mundo. Um obra que, sendo uma verdadeira e ímpar actração turística, vem ligar as três regiões do Delta do Rio Pérolas, facilitando o deslocamento de moradores e visitantes.

Mas Macau é muito mais. Destaque-se, por exemplo, o agora fazer parte do restrito grupo de Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia, o desenvolvimento do turismo inteligente, a conclusão de temática Museu do Grande Prémio e o Arte Macau.

Comemora-se actualmente o 20º aniversário da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e, 2019 é o Ano da China em Portugal e também o do 40º aniversário do início do estabelecimento das relações diplomáticas entre a China e Portugal. Recorde-se também que Macau foi eleito o Destino Internacional  da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

Só estas razoes explicam, por si só, a entrevista  com Paula Machado, Coordenadora do Centro de Promoção Turística de Macau em Portugal. Uma entrevista que o Opção Turismo apresentará, em exclusivo e em vídeo, na próxima edição.

LM