Início B2A LAM adia para 2 de Junho o início da sua operação para...

LAM adia para 2 de Junho o início da sua operação para Lisboa

COMPARTILHE

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) adiam para 2 de Junho o início da sua operação entre Maputo e Lisboa. A primeira data anunciada pela companhia estava prevista para 31 de Março, início do Verão IATA.

Esta rota marca o regresso da transportadora aérea moçambicana à Europa, interdita deste 2011, ano em que Moçambique foi banido do espaço europeu.

Através de Lisboa, com voos três vezes por semana: com trajecto Maputo-Lisboa na segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira, e Lisboa-Maputo na terça-feira, quinta-feira e sábado, a LAM quer chegar à Europa Ocidental, conforme referiu João Carlos Pó Jorge, director-geral da empresa aérea moçambicana.

Os voos serão efectuados através de uma aeronave Airbus A340-200, com 269 lugares e mais de 40 toneladas de carga.

O retorno da LAM ao espaço europeu ocorre em cooperação com a companhia aérea privada portuguesa Hi Fly, proprietária da aeronave, e com a qual foi acordado um período experimental de seis meses.

Recentemente, João Carlos Pó Jorge anunciou que a companhia vai investir até 120 milhões de dólares (109 milhões de euros) em novos aviões e intensificar a presença nas rotas africanas, querendo ligar África do Sul a Lisboa.