COMPARTILHE

Durante o mês de junho de 2019, os 16 principais mercados emissores representaram 86,9% das dormidas de não residentes nos estabelecimentos de alojamento turístico, sinaliza o INE, destacando o comportamento do mercado norte-americano, que “foi o quinto principal mercado em junho (peso de 6,3% do total das dormidas de não residentes), tendo registado um aumento expressivo de 25,1% neste mês” e uma subida acumulada no primeiro semestre do ano de 21,2%.

Em junho, o instituto estatístico salienta também os aumentos nos mercados brasileiro (+17,7%) e canadiano (+17,5%) e, no acumulado desde janeiro, os crescimentos registados pelos mercados canadiano e chinês (+15,9% em ambos).

Quanto ao mercado britânico (com 21,9% do total das dormidas de não residentes em junho) recuou 1,3% neste mês, após sete meses consecutivos a crescer, e aumentou 1,6% no conjunto dos seis primeiros meses do ano.

Já os hóspedes alemães (12,0% do total) diminuíram 3,7% em junho e 6,8% desde o início do ano e o mercado francês (com 9,0% do total) recuou 5,6% (menos 3,0% desde o início do ano).

O mercado espanhol (8,1% do total) cresceu 9,3% em junho e 8,6% no acumulado desde janeiro.