Início B1 Julho: mercado interno supera valores de 2019

Julho: mercado interno supera valores de 2019

Os dados do INE referentes à actividade turística em Portugal, no mês de Julho trouxeram boas notícias, pelo menos em relação ao turismo interno.

O número de hóspedes e dormidas são ainda inferiores aos de 2019, mas o comportamento do mercado interno tem sido a ‘salvação’ do sector.

Comparando com Julho de 2019, observa-se um crescimento de 6,4% nas dormidas de residentes, que tem sido o principal mercado a ajudar o turismo português com esta crise. Já as dormidas de não residentes derraparam 67,6%.

Segundo o gabinete de estatística, nos primeiros sete meses do ano, verificou-se uma diminuição de 2,4% das dormidas totais, resultante de variações de +31,7% nos residentes e de -30,7% nos não residentes.

No que toca às localizações mais procuradas, o Algarve concentrou 34,5% das dormidas naquele mês, seguido do Norte (15,5%), da Área Metropolitana de Lisboa (14,6%) e da Madeira (12,1%), refere o INE. A estada média nos estabelecimentos turísticos (2,76 noites) aumentou 7,8%.

Na hora de escolher onde passar a noite, a hotelaria concentrou 80% das dormidas, seguindo-se os estabelecimentos de alojamento local (13,8% do total) e o turismo no espaço rural e de habitação (6,1%).



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter