Itália exige teste negativo a viajantes da União Europeia

A partir de hoje, 16, a Itália vai volta a exigir um teste negativo à covid-19 a todas as pessoas que viagem desde países da União Europeia (UE).

Esta determinação entra em vigor a partir de 16 de Dezembro e dura até 31 de Janeiro, com o objetivo de ‘proteger’ o Natal.

A medida tomada agora pelo governo italiano foi anunciada pelo ministério da Saúde devido a uma nova e grande vaga da pandemia de covid-19.

Os não vacinados que cheguem a este país devem cumprir, além do teste, uma quarentena de cinco dias, revela o mesmo documento assinado pelo ministro da Saúde, Roberto Speranza.

Entretanto, o governo italiano prolongou o estado de emergência em vigor até pelo menos 31 de Março, para conter os casos de covid-19, e vai ultrapassar os dois anos neste regime, segundo fontes oficiais.