Início B3 INE: pandemia paralisou o turismo em Portugal no mês de Abril

INE: pandemia paralisou o turismo em Portugal no mês de Abril

COMPARTILHE

As restrições às deslocações entre países, bem como outras medidas de contenção do coronavírus, penalizaram fortemente o turismo em Portugal como nunca antes visto, um sector em grande crescimento ao longo dos últimos anos.

A estimativa rápida do INE, divulgada sexta-feira (29) indica que, em Abril, Portugal registou 68 mil hóspedes e 193,8 mil dormidas, respectivamente quedas de 97,1% e de 96,7% comparativamente com Abril de 2019.

Segundo o INE, em Abril, as dormidas de residentes terão diminuído 92,7% em termos homólogos, ou 57,6% face a Março. As dormidas de não residentes caíram mais, derrapando 98,3%, ou 59,2% em cadeia, lembrando que, no mês em análise, devido ao estado de emergência, cerca de 80,6% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes.

Quanto ao tipo de turistas que pernoitaram em Portugal em Abril, também houve alterações. O perfil dos poucos turistas que pernoitaram nos estabelecimentos de alojamento turístico neste mês terá sido diferente do habitual, tendo sido reportadas ao INE diversas situações, como por exemplo de hóspedes que ficaram retidos em Portugal sem possibilidade de regressarem ao seu país de residência, ou de pessoas que, por motivos profissionais, tiveram de se deslocar no país e pernoitar fora do seu local de residência.

Mas estes dados poderão ser revistos na próxima divulgação de informação sobre a actividade turística, que está marcada para 17 de Junho.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook