Início A fechar Hungria não abre fronteiras a países que não pertençam a UE

Hungria não abre fronteiras a países que não pertençam a UE

COMPARTILHE

Apesar das recomendações dos Estados-membros da União Europeia (UE), sobre a reabertura de fronteiras, a Hungria já informou que não vai reabrir para já as fronteiras aos países que não pertencem à União Europeia (UE) e que as autoridades europeias consideram seguros, à exceção da Sérvia.

Não estamos actualmente em condições de dar seguimento ao pedido da UE de autorizar cidadãos de países terceiros, à exceção da Sérvia, porque isso iria contra os interesses de saúde do povo húngaro, explicou o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

Recorde-se que o Conselho Europeu, que reúne os líderes dos 27 Estados-membros da UE, aprovou na terça-feira uma lista de 15 países não comunitários cuja situação epidemiológica consideraram satisfatória e em relação aos quais recomendaram a reabertura de fronteiras a partir de quarta-feira 1 de Julho.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter