COMPARTILHE

De acordo com o relatório “Estatísticas do Turismo 2018” publicado pelo INE, a hotelaria registou em 2018, 20,5 milhões de hóspedes que proporcionaram 56,6 milhões de dormidas, traduzindo-se numa variação de +3,4% e +1,5%, respectivamente. Os números reflectem um abrandando face ao ano anterior, onde número de hóspedes na hotelaria tinha crescido 10,1% e as dormidas 8,4%.

Os aumentos mais expressivos em comparação com os demais segmentos de alojamento (hotelaria e turismo no espaço rural/de habitação) registaram-se nos estabelecimentos de alojamento local que acolheram 4,0 milhões de hóspedes (+14,1% que em 2017) e 9,3 milhões de dormidas (+13,9%). No entanto, há uma desaceleração face a 2017, ano em que os hóspedes acolhidos pelo alojamento local tinham registado uma subida de 28,8%, com as dormidas a crescerem 26,7%.

Os estabelecimentos de turismo no espaço rural e de habitação registaram 848,7 mil hóspedes (+6,8%) que proporcionaram 1,8 milhões de dormidas (+5,3%).

Já os estabelecimentos de hotelaria, as dormidas em hotéis representaram 71,6%, com destaque para as unidades de quatro e três estrelas (49,1% e 22,6% das dormidas em hotéis, respectivamente).