Início Entrevista Hotel Trump International está à venda

Hotel Trump International está à venda

COMPARTILHE

A família Trump colocou o Hotel Trump International, em Washington, à venda por 449 milhões de euros. Uma decisão que tem por base – certamente que haverá outras -, o facto do presidente dos Estados Unidos ter admitido que o hotel é um problema para a Casa Branca e para os próprios republicanos, na sequência de diversas críticas a supostas acções de corrupção e conflito de interesses.

Recorde-se que o hotel esteve no centro das acusações de corrupção contra Trump desde o início, sobretudo e ao contrário de outros presidentes, por se ter recusado a “desfazer-se” dos seus negócios particulares.

Todavia, antes de assumir o cargo de presidente dos EUA, Trump passou o controlo para os seus filhos e tem resistido (até agora) em aceitar que era um problema possuir um hotel cinco estrelas, localizado a dois quarteirões da Casa Branca.

No entanto, a um ano das próximas eleições, com o presidente ameaçado de ‘impeachment’, os Trump mudaram os planos, segundo certos analistas.

A Organização Trump já contratou os serviços de uma consultora imobiliária para vender os seus direitos de exploração do hotel, sediado no antigo prédio dos Correios desde 1898.

A soma pedida para que a operação se realize é de 449 milhões de euros e o contrato de exploração estipula que ele pode ser trespassado após três anos de abertura, que foram terminaram a semana passada.

Curiosamente, esta decisão acontece apenas uma semana depois que o presidente Trump ter recuado de organizar a próxima reunião do G7 no hotel que ele possuía em Miami, o National Doral.

Segundo os últimos dados disponíveis, no ano passado, o volume de negócios do hotel foi de 36,8 milhões de euros, cerca de 360.000 euros a mais do que o registado no ano anterior. Todavia, os custos operacionais são desconhecidos.