Início B2 Grândola um novo hotel: o Jardins de Grândola

Grândola um novo hotel: o Jardins de Grândola

Foi assinado entre a entidade promotora Qantara Capital e a Câmara Municipal de Grândola a minuta do contrato de planeamento para a construção de um parque logístico que vai ocupar uma área de 130 hectares e ficará situado a 8 km do centro de Grândola.

Na altura, a Qantara Capital apresentou o projecto para a construção de um hotel de 4 estrelas no centro da vila, com cerca de 50 quartos e 100 camas, destinado a clientes empresariais e turistas.

O Parque Logístico de Grândola vai disponibilizar para além de diversas infraestruturas, um espaço de 15.000 m2, onde serão construídos um hotel, vários restaurantes, lojas, escritórios, estacionamento com carregamentos eléctricos e posto de combustível.

Hotel Jardins de Grândola

Jardins de Grândola será o nome da nova unidade hoteleira de Grândola, com construção prevista para 2022 e conclusão em 2023.

Trata-se de um projecto de reabilitação urbana no centro da vila, em frente ao Jardim 1º de Maio, que contempla um hotel com cerca de 50 quartos e 100 camas, com lobby-bar, restaurante, centro de eventos (espaço modular dividido entre uma grande sala de conferências e três pequenas salas de reuniões, com capacidade para um total de 150 pessoas) e piscina exterior. Complementa-se com um edifício residencial com três apartamentos duplex e duas penthouses.

Segundo a Qantara Capital, o hotel posiciona-se no segmento boutique lifestyle e assume-se como um hub jovem e criativo, que funcione como um verdadeiro ponto de encontro na vila.

A Qantara Capital é uma empresa privada de investimento e consultoria, que opera nos sectores do imobiliário e dos recursos naturais, sendo que o seu CEO, Hadrien Fraissinet, desenvolve projectos em Portugal desde 2015.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter