Ao longo desta legislatura, o Executivo açoriano investiu mais de 800 mil euros nas diversas provas com chancela do Azores Trail Run, que decorre em várias ilhas do arquipélago, nomeadamente Santa Maria, Faial, São Jorge, Pico, Flores e Corvo. Por sua vez, a ilha das Flores acolheu, entre 18 e 20 de Setembro, mais uma prova do Extreme West Atlantic Adventur.

Por estas e outras razões, a secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores mantém uma aposta forte nas provas de Trail Run por serem eventos de elevada promoção turística, num destino ‘certificado pela natureza’.

Para além das questões da notoriedade da promoção da Região, esta é uma prova que eleva o nome dos Açores ao mais alto nível, no que diz respeito a pôr em prática as intenções de fruição ativa dos espaços naturais do arquipélago, disse Marta Guerreiro, acrescentando que, por outro lado, trata-se de uma modalidade que possibilita o contacto com zonas mais recônditas, sendo uma forma de conhecer o património da Região, onde se redescobrem novos trilhos em todo o arquipélago.

Recorde-se que o Governo dos Açores tem levado a cabo um trabalho permanente de aposta na Rede Regional de Percursos Pedestres, contando com centenas de quilómetros de trilhos em todas as ilhas, que, devido à sua diversidade e autenticidade, suportam a atratividade do arquipélago e valorizam a imagem dos Açores como Destino Turístico de Natureza, fazendo da Região uma exceção face aos seus concorrentes, tal como é espelhado no PEMTA – Plano Estratégico de Marketing Turístico dos Açores.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter