Início B2 Governo alemão vai apoiar a TUI com 2 mil milhões de euros

Governo alemão vai apoiar a TUI com 2 mil milhões de euros

A Alemanha mantém a promessa de resgatar as empresas devastadas pela pandemia do Covid-19 e vai conceder um empréstimo de 2 mil milhões de euros à TUI.

O principal operador turístico mundial chegou a um acordo com o banco estatal KfW sobre os termos de um empréstimo de resgate. Os bancos financeiros e a TUI devem assinar o pacote nos próximos dias. Este acordo preliminar permite que o KfW forneça cerca de 80% do empréstimo, enquanto os bancos comerciais assumem os 20% restantes.

O grupo alemão TUI anunciou em meados de Março a suspensão da maioria de suas actividades como operador turístico devido à propagação da pandemia de coronavírus e pediu a ajuda do Estado.

A medida afecta principalmente as actividades de pacotes de viagens, de hotelaria e cruzeiros, de acordo com o grupo, que possui 70.000 funcionários no mundo.

A TUI, que tem sede em Hannover, afirmou que a medida é uma consequência das decisões de muitos países de restringir as deslocações para tentar conter a propagação da doença.

O grupo, presente em uma centena de países, disse estar disposta em aplicar medidas drásticas de redução de custos para enfrentar a queda do volume de negócios.

Refira-se que os governos da Europa e da América do Norte estão a concretizar planos de resgate à medida que se tornam novos epicentros do vírus. O Senado dos Estados Unidos aprovou um plano de resgate de 61 mil milhões de dólares para companhias aéreas em dificuldades e empresas de viagens. No Reino Unido, os transportadores terão que solicitar mais de 368,34 mil milhões de euros em garantias de empréstimos comerciai.

Leia mais notícias em OPÇÃO TURISMO



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter